As 15 fotos mais arrepiantes do que restou de Chernobyl
loading...

As 15 fotos mais arrepiantes do que restou de Chernobyl

Nesta lista, confira as 15 fotos mais arrepiantes já feitas nas ruínas de Chernobyl e Prypiat após o acidente nuclear.

15. Laboratório de peixes

Trata-se de um laboratório utilizado por muitos anos para a observação dos efeitos da radiação em peixes. Foram encontrados alguns espécimes que suportaram quantidades incríveis de radiação, chamando a atenção de especialistas.

14. Prédio de Kopachi

Esta sala fazia parte de um jardim de infância na Vila de Kopachi, localizada entre Pripyat e Chernobyl. Trata-se da única estrutura em Kopachi que ainda está de pé. Mesmo assim, os níveis de radiação ainda são muito altos por lá.

13. Palácio da Cultura

Este é Energetik, um Palácio da Cultura localizado em Chernobyl. Estes palácios normalmente eram grandes centros comunitários, possuindo cinemas, teatros, bibliotecas, piscinas e ringues.

12. Acampamento para crianças

Era neste local que muitas crianças de Pripyat se divertiam e descansavam durante as férias de verão. Antes da explosão nuclear, elas tinham acesso a cinemas, livrarias, barcos, shoppings e ginásios. Agora, tudo está completamente abandonado.

11. Caminho para o reator

Esta fotografia ficou muito mais macabra por conta da forma como ela foi imaginada, com a justaposição entre o rosto do fotógrafo e a floresta. Outros fatores, como o crucifixo, a placa de alerta e o fato de que muitos animais e pessoas morreram naquela região, também não ajudam. Além disso tudo, esta floresta possui um caminho que termina no quarto reator, que explodiu em 1986.

10. Piscinas Azure

Acredite ou não, muitas pessoas continuaram utilizando esta piscina mesmo depois do acidente que afetou Chernobyl. Por incríveis 10 anos, os funcionários que trabalhavam nas plantas utilizaram a piscina, ignorando os avisos sobre os perigos da radiação.

9. Pata de elefante

Esta formação bizarra está localizada no Reator 4, em Chernobyl. Trata-se de um aglomerado de combustível nuclear, concreto, areia e outros materiais. Qualquer um que tenha ficado perto desta bizarrice em 1986 teve efeitos praticamente imediatos no corpo, por conta da radiação.

8. Parque de Diversões

Evidente que o Parque de Diversões de Pripyat não poderia ficar de fora desta lista. Quer algo mais macabro que um Parque de Diversões abandonado? Trata-se do local com maior nível de radiação na região. A roda gigante desta foto já fez algumas aparições em video-games, como em S.T.A.L.K.E.R: Shadow of Chernobyl e Call of Duty 4: Modern Warfare.

7. Reator 5

Mesmo após a explosão no Reator 4, muitos trabalhadores continuaram por meses trabalhando na construção do Reator 5. Entre pausas e alertas, os operários chegaram a concluir cerca de 70% da obra.

6. O ‘cérebro’ do Reator 4

Neste painel é que os cientistas realizavam a maioria dos experimentos e atividades do Reator 4. Inclusive aquele específico que acabou causando o desastre de Chernobyl.

5. Fábrica Júpiter

Esta fábrica tinha como objetivo o teste de técnicas de limpeza de radiação. Muitas pessoas viviam na fábrica, por isso era comum encontrar sofás, cadeiras, camas e outros móveis por lá.

4. Supermercado

Se você já assustou a Madrugada dos Mortos, provavelmente terá arrepios ao ver esta fotografia. Claro que a vida real é bem diferente da ficção, mas ainda assim não deve ser nada tranquilizador andar pelos destroços do estabelecimento que antigamente atendia a população local – principalmente os mais abastados.

3. Reator 4 após a explosão

Este foi o estrago da explosão no Reator 4. Para evitar que a radiação continuasse escapando para a atmosfera, foi construído um telhado para selar o local. Isso foi feito 206 dias após a explosão, e atualmente ele já foi substituído por outra estrutura.

2. Bonecas em um jardim de infância

Observando esta fotografia, é possível imaginar o desespero das crianças deste jardim de infância no momento da explosão. Entretanto, nem todos os itens encontrados por lá são realmente datados da época da explosão. Muitos artigos foram deixados em Chernobyl por visitantes, conforme alerta um artigo da IBTimes.

1. Fotografia de uma escola.

Esta é uma imagem de uma escola de Pripyat. Na época da Guerra Fria, as escolas eram obrigadas a manter estoques de máscaras de gás de tamanho infantil para a ocasião de algum ataque. Após a explosão, no entanto, saqueadores destruíam as máscaras no intuito de retirar as pequenas quantidades de prata no interior do objeto.

via The Richest.

Você também deve apreciar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *