ARQUEÓLOGOS DESCOBREM MAIS DE 60 ESQUELETOS DE MAMUTES EM CONSTRUÇÃO DE AEROPORTO NO MÉXICO
loading...

ARQUEÓLOGOS DESCOBREM MAIS DE 60 ESQUELETOS DE MAMUTES EM CONSTRUÇÃO DE AEROPORTO NO MÉXICO

Com alturas de aproximadamente 4 metros, os restos mortais dos animais apresentam um estado de conservação impressionante

Enquanto realizavam um trabalho de planificação no terreno que receberá o aeroporto Felipe Ángeles, em Santa Lucia, no México, a equipe de escavação relatou ao Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) um avistamento de ossadas. Com a chegada dos arqueólogos foi possível concluir que os itens se tratavam de esqueletos de mamutes.

Conduzindo um projeto de resgate na área, mais de 60 restos mortais de mamutes foram encontrados pelos pesquisadores em três lugares da região. Sempre com proporções gigantes, todos os animais aparentam ter morrido por atolamento na lama, ficando presos nas margens de um antigo lago chamado Xaltocan.

O grande número de esqueletos encontrados surpreendeu a equipe; além de estarem em bom estado de conservação devido a proteção obtida pela cobertura de barro, os restos mortais foram encontrados em profundidades rasas, com escavações de 80 centímetros até 2,5 metros.

Os mamutes apresentam características da espécie Mammuthus columbi, conhecidos popularmente como mamute-colombiano. A espécie extinta habitava a região norte dos Estados Unidos até o sul da Costa Rica. Em média, os animais mediam cerca de 4 metros de altura e pesavam cerca de 10.000 kg.

Uma das equipes de escavação desenterram uma cabeça de mamute / Crédito: INAH

Você também deve apreciar:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *