Caçador ilegal morre pisoteado por elefante e corpo é devorado por leões na África do Sul
loading...

Caçador ilegal morre pisoteado por elefante e corpo é devorado por leões na África do Sul

Um caçador ilegal de rinocerontes morreu pisoteado por um elefante e, em seguida, foi devorado por leões em um parque na África do Sul, informaram na última sexta (5) os administradores do Parque Nacional Kruger, próximo à fronteira com Moçambique.

Segundo o comunicado, outros caçadores que estavam com a vítima informaram à família que ele havia sido morto pelo elefante. Os parentes, então, entraram em contato com a administração do parque. Guardas do Kruger começaram as buscas pelo corpo na última quinta (4).

“Os restos de um corpo foram descobertos. Indícios encontrados na cena sugeriram que um bando de leões devorou os restos mortais, deixando apenas um crânio humano e um par de calças”, diz o texto.

O chefe do parque, Glenn Phillips, elogiou a equipe de busca e prestou condolências à família do falecido.

“Entrar no Parque Nacional Kruger ilegalmente e a pé não é prudente, traz muitos perigos – e esse incidente é prova disso”, afirmou.

Os outros quatro caçadores foram detidos e devem comparecer a uma audiência, segundo comunicado do parque, que não forneceu datas.

A cada ano, milhares de rinocerontes são mortos na África para a retirada de seus chifres, muito apreciados na medicina tradicional em países como China e Vietnã.

Você também deve apreciar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mostrar
Hide Buttons