Cientistas identificam Dragão Congelado pré-histórico no Canadá
loading...

Cientistas identificam Dragão Congelado pré-histórico no Canadá

Cientistas da Universidade do Sul da Califórnia (USC) fizeram uma extraordinária descoberta: eles identificaram uma nova espécie de pterossauro gigante, do tamanho de um pequeno avião, que existiu há mais de 75 milhões de anos. Os restos da criatura, batizada como Cryodrakon boreas, ou Dragão Congelado do Norte, foram encontrados no Dinosaur Provincial Park, no sul de Alberta, Canadá. O professor Michael Habib, fã de Game of Thrones, admitiu que inicialmente sugeriu chamar a espécie de Cryodrakon viserion, em referência ao dragão de gelo da série.

O Dragão Congelado do Norte viveu durante o Cretáceo, último período da Era Mesozoica. Essa espécie pertence à família dos azdárquios, os maiores pterossauros voadores. Seu comprimento era de aproximadamente 10 metros, e ele pesava cerca de 230 quilos. Era carnívoro e se alimentava de lagartos, pequenos mamíferos e bebês dinossauros. Ele é considerado uma das maiores criaturas voadoras que já existiram na Terra.

Quando os restos desse réptil voador foram encontrados inicialmente, em 1992, os cientistas acreditaram que se tratava de outro pterossauro, o Quetzalcoatlus. Mas estudos recentes revelaram sua verdadeira identidade. A descoberta do Dragão Congelado do Norte permitirá saber mais sobre como viviam esses fascinantes animais do passado, que eram capazes de voar distâncias continentais.

Você também deve apreciar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *