COREIA DO NORTE LANÇA MAIOR E MAIS PODEROSO MÍSSIL JÁ VISTO
loading...

COREIA DO NORTE LANÇA MAIOR E MAIS PODEROSO MÍSSIL JÁ VISTO

O país, ao mostrar a força de seu armamento bélico, coloca os países em alerta, já que não respeita os acordos internacionais

A Coreia do Norte lançou na ultima quinta-feira, 30 de novembro de 2017, o míssil balístico intercontinental (MBIC) Hwsong-15. Segundo as autoridades sul-coreanas, que são vizinhos, esse é o maior míssil já lançado no mundo, nenhum outro país testou algo parecido anteriormente.

A série de mísseis, denominada Hwsong, representa o poder de armamento da Coréia do Norte. O Hwasong-15 é a evolução do Hwasong-12 e do Hwasong-14. Militares da Coréia do Sul dizem que o programa de mísseis da Coréia do Norte avança rapidamente e especialistas afirmam que o Hwasong-15 é maior e mais poderoso que o Hwasong-14.

Na montagem, Hwasong-12, Hwasong-14 e Hwsong-15, respectivamente.

 

Kim Dong-yub, analista de defesa do Instituto de Estudos do Extremo Oriente de Seul, disse que a Coréia do Norte parece ter construído o Hwasong-15 à partir do Hwasong-14, eles atualizaram a versão em relação a aparência e fizeram modificações entre o primeiro e o segundo estágio do míssil.

O Sr. Kim também relatou uma importante descoberta: ele disse que o Hwasong-15 parecia ter dois motores, reforçando o primeiro estágio e dando ao novo míssil maior alcance do que os modelos anteriores.

Para os especialistas, dois motores de reforço Hwasong-14 foram agrupados para impulsionar o Hwasong-15, dando-lhe ainda mais alcance. Outra possibilidade é de que o segundo estágio esteja mais espesso, com mais combustível e propulsores, que são motores de foguete secundários usados para ajustes e velocidade de um míssil.

O novo míssil foi transportado em um veículo de nove eixos, o que transportou o míssil anterior tinha oito. A Coréia do Norte afirma que pode lançar seus mísseis de e para qualquer lugar e a qualquer hora, basta ter um controle. Todos os mísseis lançados pela Coréia do Norte até agora foram acionados de locais diferentes.

As fotos mostram que o cone dianteiro do MBIC é mais arredondado, o que pode significar que o míssil carregam várias ogivas. No entanto, os especialistas duvidam que a Coréia do Norte tenha habilidade de atacar um alvo intercontinental e nem que o míssil resista ao violento retorno a da atmosfera terrestre depois de passar pelo espaço, pois não demostraram tecnologia para isso.

Ainda assim, a Coréia do Norte ao mostrar a força de seu armamento bélico coloca os países em alerta, já que a nação não respeita os acordos internacionais. Nikki Haley, Embaixadora dos EUA na ONU declarou que o país tem provocado demais o resto do mundo, durante reunião do Conselho de Segurança da Organização, que ocorreu após o lançamento do míssil. Ela ainda afirmou que essa atitude deixou o mundo próximo da guerra.

Haley pede que todos as nações suspendam relações com a Coreia do Norte e assegura que os EUA nunca buscaram guerra com a nação, mas se uma guerra acontecer, será por causa dos atos contínuos de agressão que seus governantes tem proferido. A Embaixadora ainda declarou: “Se a guerra vier, o regime norte-coreano será totalmente destruído”.

Você também deve apreciar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mostrar
Hide Buttons