Departamento de Defesa dos EUA libera oficialmente vídeos de avistamentos de óvnis
loading...

Departamento de Defesa dos EUA libera oficialmente vídeos de avistamentos de óvnis

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos liberou oficialmente três vídeos que mostram avistamentos de óvnis (objetos voadores não identificados). No ano passado, as Forças Armadas do país já haviam confirmado a autenticidade das imagens. Os registros foram obtidos originalmente pela To The Stars Academy of Arts & Sciences (organização fundada por Tom Delonge, ex-membro da banda Blink-182) e publicados pelo New York Times entre 2017 e 2018.

De acordo com a porta-voz do Pentágono, Sue Gough, as imagens foram divulgadas agora a fim de esclarecer quaisquer equívocos do público sobre a autenticidade das imagens. Um comunicado do órgão diz que a liberação autorizada desse vídeos não coloca em risco a segurança nacional nem interfere na investigação dessas ocorrências.

O Pentágono classifica as imagens registradas como “fenômenos aéreos não identificados”. Um dos vídeos mostra um encontro entre um caça das Forças Armadas e um óvni perto de San Diego, em 2004. De acordo com um relatório vazado, o objeto de 13,7 metros de comprimento “não possuía meios visíveis de sustentação”.

Um outro vídeo mostra aviões militares avistando óvnis. As imagens foram registradas em 2015 durante um sobrevoo pela costa leste dos Estados Unidos. O objeto oval aparenta estar cruzando os céus em alta velocidade. “Caramba, cara”, disse um piloto de um dos jatos F-18 Super Hornet da Força Aérea dos EUA ao se deparar com o objeto. “Uau, o que foi aquilo?”, disse outro. Os óvnis, que se parecem com manchas escuras e claras nos vídeos, tinham cerca de 12 metros de comprimento e supostamente poderiam mudar de rota em segundos. Confira abaixo os vídeos liberados:

“Após uma análise minuciosa, o departamento determinou que a liberação autorizada desses vídeos não classificados não revela nenhuma capacidade ou sistema sensível e não afeta as investigações subseqüentes de incursões no espaço aéreo militar por fenômenos aéreos não identificados”, Sue Gough, uma Porta-voz do Departamento de Defesa, disse à CBS News .

“O DOD está divulgando os vídeos para esclarecer quaisquer equívocos do público sobre se as filmagens que circulavam eram reais ou não, ou se há ou não mais vídeos”, acrescentou Gough. “Os fenômenos aéreos observados nos vídeos permanecem caracterizados como ‘não identificados’.”

Fenômenos Aéreos Não Identificados
No início deste ano, a Marinha havia revelado que possuía mais imagens, mas a mantinha como “o lançamento desses materiais causaria danos excepcionalmente graves à Segurança Nacional dos Estados Unidos”, segundo uma matéria publicada no Motherboard em janeiro.

Dois dos três vídeos divulgados foram gravados em janeiro de 2015, o terceiro em 2004. Eles mostram o que parecem ser objetos não identificados voando em padrões incomuns. No caso do incidente de 2004, a 160 quilômetros da costa do Pacífico, um objeto em forma de tique-taque subiu rapidamente quando os pilotos da Marinha se aproximaram. Os vídeos de 2015 mostraram objetos correndo sobre o oceano.

Uma série de entrevistas com os pilotos da Marinha, que inicialmente gravaram seus estranhos fenômenos, apareceram desde o Times .

Você também deve apreciar:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *