Esta ecoaldeia portuguesa está procurando pessoas para morar lá
loading...

Esta ecoaldeia portuguesa está procurando pessoas para morar lá

Imagine só morar em uma ecoaldeia. Agora imagine só se ela for em Portugal. A descrição disse que este é o lugar para aqueles que querem plantar e se autoconhecer. Ou seja, se você ama o jeito natureba de ser, gosta de estar em harmonia com a natureza, com os animais e com o planeta, vai adorar esta oportunidade.

O convite também é feito para vegetarianos de todas as partes do mundo que queiram viver em comunidade no norte de Portugal. São 120 mil metros quadrados de terreno, quatro casas, um imóvel grande – em ruínas, mas natural – e outros dois pequenos e antigos moinhos abandonados e mais um hórreo – uma estrutura normalmente de pedra e madeira, de 1860.

A região também tem um rio de água cristalina e o cenário é marcado por rochas e grandes árvores. Para se candidatar, você também deve se enquadrar nestes 10 mandamentos:

1 – A ecoaldeia funciona de maneira democrática e as decisões tomam-se por consenso;
2 – Cada qual vive num espaço privado (casa) e partilha os espaços comunitários;
3 – Existem hortas comunitárias para necessidades alimentares diárias e cíclicas;
4 – Existem edificações comunitárias, como escola, padaria, oficina, etc;
5 – É assumida a educação das crianças;
6 – Apenas é comercializado o que é produzido na comunidade;
7 – Ajuda mútua para levar uma vida mais fácil e divertida;
8 – Vive-se na aldeia com o coração;
9 – A presença na ecoaldeia deve ser livre de encargos econômicos e dívidas;
10 – A alimentação vegetariana.
11 – A ecoaldeia está vinculada ao seu entorno;
12 – Faz-se fogo com lenha, medos e egos; – U-AU!

Em resumo, somos famílias que amamos a natureza e reduzimos o âmbito das necessidades e a dependência do dinheiro. Autogestionamos a saúde, a educação, a alimentação, a energia, a ajuda mútua e tudo o que seja necessário”, lê-se no anúncio.

Quem amamos?

Para se candidatar escreva para [email protected]

Foto destaque: Visual Hunt

Você também deve apreciar:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *