Metallica doa R$ 1 milhão para construção de 1º hospital infantil do câncer na Romênia
loading...

Metallica doa R$ 1 milhão para construção de 1º hospital infantil do câncer na Romênia

Vinte anos após tocarem pela primeira (e única) vez na Romênia, a banda de heavy metal norte-americana Metallica comemorou seu retorno à pequena nação europeia fazendo uma generosa contribuição à comunidade médica do país.

Conhecidos não só pela posição de destaque no mundo do rock, mas por seus trabalhos de caridade realizados mundo afora, enquanto estão em turnê, a banda anunciou a doação de US$ 277 mil (R$ 1,1 milhão) para a construção do primeiro hospital pediátrico especializado em oncologia e radioterapia do país, que será equipado com tecnologia médica de ponta.

A doação foi feita por meio da fundação filantrópica do Metallica, a All Within My Hands. Horas antes do show na Arena Nañională, em Bucareste, James Hetfield, Lars Ulrich, Kirk Hammett e Robert Trujilloda entregaram um cheque para Daruieste Viata, da ONG The Give Life Association, responsável pela construção do hospital.

A presidente da entidade, Carmen Uscatu, disse em um comunicado: “A doação feita pelo Metallica tem um significado especial para o nosso projeto… sua música inspira e toca muitos romenos e, ao mesmo tempo, muitos romenos serão inspirados pela contribuição para ajudar a nossa causa. Chegou a hora de construirmos nosso hospital pediátrico de oncologia, as crianças com câncer merecem uma oportunidade de viver”.

Segundo o site da organização sem fins lucrativos, “apenas 50% das crianças com câncer sobrevivem na Romênia. A média na União Europeia é superior a 80%”.

“Quando concluído, este será o primeiro hospital de última geração a ser construído na Romênia em mais de 30 anos, além de ser o único projeto financiado exclusivamente por doadores privados.”

O hospital está sendo financiado por 260 mil pessoas e 2 mil empresas, e será aberto para em 2020.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz.

Fonte: GNN/Fotos: Reprodução

Você também deve apreciar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *