NASA já está preparada para anunciar vida alienígena: Protocolos estão em vigor
loading...

NASA já está preparada para anunciar vida alienígena: Protocolos estão em vigor

A recente descoberta de um sistema solar que tem sete exoplanetas do tamanho da Terra-localizados a uma distância de 40 anos-luz levou a NASA a iniciar a um protocolo que está em curso no momento, a fim de anunciar ao mundo a existência de vida alienígena.


Imaginem se os telescópios SETI realmente captarem um sinal a partir de um sistema de estrelas distantes. O que aconteceria então? poderíamos entendê-lo? Devemos responder a isso? Se assim for, o que devemos dizer, e como? Devemos ir em frente e chamá-los sem esperar por eles chamarem primeiro? Um livro da NASA, considerado como um protocolo para contato alienígena, intitulado: Arqueologia, Antropologia e Comunicação Interstellar aborda a questão como nunca antes.

Os sete planetas com condições similares a Terra possuem  grandes chances de abrigarem o desenvolvimento de vida. Estão localizados na constelação de Aquário e fazem parte de um complexo de uma anã vermelha fria do tamanho de Júpiter, conhecida como TRAPPIST-1.

Curiosamente, os mundos alienígenas em trappist-1 estão muito mais perto de sua estrela do que a Terra, assim possuem as condições necessárias para conter a água em estado líquido em sua superfície. Além disso, sua distância muito curta permite a transferência de material orgânico de um planeta para outro, o que aumenta a esperança de vida alienígena existente em mais de um planeta.

De acordo com Mario Perez, membro da divisão de astrofísica da agência espacial dos EUA, embora a NASA ainda esteje anos de distância de fazer o anúncio de vida extraterrestre, foi muito importante ter um protocolo que transmite paz e tranquilidade para a humanidade, antes que tal evento histórico pudesse acontecer.

O ‘protocolo estrangeiro’ foi inspirado por várias fontes.

Um dos mais importantes foram os precedentes históricos sobre encontros entre civilizações completamente diferentes da Terra, como aconteceu durante a conquista da América, quando os europeus pisaram no ‘novo continente’.

Parte do protocolo pode ser encontrada em um livro intitulado ‘Arqueologia, Antropologia e Comunicação Interstellar ‘, um ‘manuscrito’ criada pela NASA como um guia, ou manual, destinado a preparar os seres humanos para o contato com possíveis formas de vida extraterrestre.

Como se observa no livro, “talvez o melhor modelo para encontrar extraterrestres, Douglas Raybeck sugere, vem do Maori, cuja resistência às incursões britânicas ganharam-lhes o respeito de seus inimigos, ajudando-os a manter o seu orgulho depois de sucumbir a uma organização mais sofisticada de armamento.”

Além disso, “… embora cada cultura terrestre possa ter uma abordagem natural para encontrar aliens, algumas respostas podem ser mais eficazes do que outros. Dada a provável superioridade tecnológica de quaisquer civilizações extraterrestres que são susceptíveis de entrar em contato, nós seria prudente considerar todas as nossas opções.”

De acordo com especialistas, não é mais uma questão de se há vida em outros planetas, mas quando vamos encontrá-lo.

“… muitos astrônomos viram o desenvolvimento de vida inteligente como uma ocorrência inevitável dadas as condições ambientais adequadas em um planeta; e mesmo que tais seres não fossem idênticos aos seres humanos, devemos esperar encontrar paralelos significantes.”

Você também deve apreciar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *