NASA libera mapa gigantesco com a localização de 4000 exoplanetas
loading...

NASA libera mapa gigantesco com a localização de 4000 exoplanetas

O satélite telescópio espacial Kepler se aposentou permanentemente em 2018, mas seu legado foi retomado por outros observatórios, como o Transiting Exoplanet Survey Satellite (TESS), que já encontrou mais de 700 novos candidatos a planeta em seu primeiro ano no espaço.

A primeira descoberta de exoplanetas ocorreu somente em torno de 1992. Desde então, uma quantidade enorme de mundos é adicionada ao catálogo, com descobertas excepcionais feitas pelo Telescópio Espacial Kepler.

Na última década, o ritmo de descobertas foi bastante alto. E, em junho deste ano, o exoplaneta 4.000 foi finalmente descoberto.

Há planos para telescópios ainda mais poderosos que Kepler e TESS serem lançados. É o caso do satélite europeu Characterising Exoplanets Satellite (CES), da ESA, cujo lançamento está previsto para o final deste ano.

Devido ao grande acervo do catálogo, a NASA acabou por liberar uma visão privilegiada, criada com seus dados pelo projeto System Sounds, dessas incríveis descobertas.

Abaixo, o vídeo mostra quando e onde no céu noturno todos os exoplanetas conhecidos foram descobertos. Observe a rapidez com que o ritmo dos achados se acelera quando Kepler começa a fazer sua contribuição a partir de 2010.

 

A taxa de descobertas de mundos extraterrestres estão aumentando exponencialmente todos os dias. Muito disso se deve a Kepler, que, ainda aposentado, deixou-nos um grande legado de dados para serem analisados.

Você também deve apreciar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *