NASA transmite hoje, ao vivo, pouso de nave em Marte
loading...

NASA transmite hoje, ao vivo, pouso de nave em Marte

NASA transmite hoje, ao vivo, pouso de nave em Marte

A sonda InSight, última enviada pela NASA para estudar o Planeta Vermelho, chegará a Marte hoje, 26 de novembro, com o momento histórico sendo transmitido ao vivo pela agência espacial. E, ainda que o local do pouso seja uma área plana, o que aumenta as chances de sucesso, a nave terá apenas seis minutos e meio para pousar com segurança — então muita coisa pode dar errado nesse delicado momento.

O robô, que tem mais ou menos o tamanho de um carro, precisa estar com a rotina de pouso perfeitamente sincronizada, com sua velocidade de descida sendo reduzida de mais de 19 mil quilômetros por hora a zero nessa curtíssima janela de tempo. E, desde a descida da atmosfera até a superfície, o módulo estará sujeito a temperaturas, velocidades e forças extremamente altas, além de tudo.

Para aguentar o tranco, a InSight contará com seu sistema autônomo para passar por dezenas de etapas programadas e testadas à exaustão antes de seu lançamento, como, por exemplo, a implantação de um pára-quedas supersônico, além da ignição de propulsores para garantir a desaceleração. Cada uma dessas dezenas de etapas precisa acontecer no momento exato para que a segurança do pouso esteja garantida.

Vídeo incorporado

Um dos maiores obstáculos enfrentados pelos engenheiros da missão é a atmosfera marciana; ainda que bastante fina, é espessa o suficiente para aquecer qualquer objeto que ali adentrar. Isso significa que a InSight precisou ser blindada adequadamente para não derreter antes de atingir o solo. Além disso, como a atmosfera por lá é mais fina do que a da Terra, outro desafio foi adicionar propulsores para garantir um pouso suave, pois somente os pára-quedas não seriam suficientes para desacelerar a nave em sua descida.

Vale lembrar dos “Sete Minutos de Terror” sofridos pelo rover Curiosity, em 2012, quando pousou em Marte. O momento ganhou esse apelido justamente pela tensão durante a descida do rover, que também foi programado para executar rotinas sincronizadas em um curto período de tempo a fim de não se despedaçar antes ou assim que atingisse o solo.

Para agravar ainda mais uma possível situação problemática, sinais de comunicação demoram cerca de oito minutos para navegarem entre Marte e Terra. Ou seja: “no momento em que estamos entendendo o que está acontecendo com o pouso, há um atraso grande o suficiente para que não possamos controlar o veículo daqui da Terra em tempo”, nas palavras de Rob Grover, cientista da NASA e membro da missão InSight.

A InSight deve pousar em Marte por volta das 18h (horário de Brasília). Além dos sinais que a sonda enviará à NASA informando se deu tudo certo e se seus equipamentos estão todos operando normalmente, a agência também fará um monitoramento aéreo, contando com os dois satélites CubeSats chamados de Mars Cube, que foram enviados junto com a InSight em maio. Mas, “como eles são experimentais, não temos certeza absoluta de que eles trabalharão direito no dia do pouso”, alerta Grover.

Então, tudo dando certo com o pouso, inicia-se uma outra fase do projeto: a implantação dos instrumentos da sonda, o que levará de dois a três meses. Entre seus equipamentos, duas ferramentas principais estudarão o interior de Marte — um sismógrafo para estudar os “Marsquakes” (similares aos terremotos do nosso planeta), e uma espécie de broca que mergulhará a quase dois metros abaixo da superfície para medir a temperatura do planeta. Um braço robótico posicionará cuidadosamente os instrumentos em seus devidos lugares, e os cientistas precisarão de algumas semanas para calcular o melhor local de posicionamento do sismógrafo, que precisa estar um tanto quanto longe da sonda para que nem mesmo suas pequenas vibrações não influenciem os dados obtidos.

A transmissão ao vivo da NASA com a cobertura de tudo o que está relacionado à missão InSight já está rolando no YouTube, com entrevistas, coletivas de imprensa, anúncios oficiais e, por fim, a transmissão do pouso. Você já pode acompanhar a programação desde já no vídeo abaixo:

A InSight está sendo seguida pela miniespaçonave  Mars Cube One (MarCO) da NASA , a primeira missão de espaço profundo para o CubeSats. Se a MarCO voar a partir de Marte, a agência tentará transmitir dados do InSight ao entrar na atmosfera do planeta e pousar. Os controladores de voo InSight e MarCO monitorarão a entrada, descida e pouso da espaçonave do controle de missão no Laboratório de Propulsão a Jato da NASA (JPL) em Pasadena, Califórnia, onde todos os eventos de pouso serão realizados.

Cerca de 80 eventos de visualização ao vivo para o público assistir ao desembarque da InSight em todo o mundo.

Você também deve apreciar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mostrar
Hide Buttons