O Grande Zigurate de Ur, um Templo Ancestral construído para honrar os Anunnaki
loading...

O Grande Zigurate de Ur, um Templo Ancestral construído para honrar os Anunnaki

 O Ziggurat de Ur é um antigo zigurat localizado junto às ruínas da antiga cidade suméria de Ur, no atual Iraque.
Foi construído como um lugar de adoração do deus Nanna (“lua”, no Sumério), durante o período Ubaid, e reconstruído no século XXI aC pelo rei Ur-Nammu.
Foi destruído pelos Elamitas e depois foi ordenado a ser reconstruído pelo rei Nabucodonosor II da Babilônia.
O Ziggurat de Ur é sem duvida nenhuma uma das estruturas antigas mais bem conservadas da época.
De fato, o Ziggurat de Ur é uma das três estruturas mais bem preservadas da cidade neo-suméria de Ur.
O templo foi erguido pelo rei Ur-Nammu, que dedicou o grande ziggurat de Ur em homenagem a Nanna / Sîn, aproximadamente no século XXI aC, durante a terceira dinastia de Ur.
Acredita-se que o templo maciço tenha medido cerca de 64 metros de comprimento, 45 metros de largura e mais de 30 metros de altura, embora a altura do templo permaneça um tema de debate, já que apenas os seus fundamentos (bases) sobreviveram.
O Ziggurat de Ur estava cercado por uma parede que se estendia por até 8 metros de altura e foi parcialmente restaurada no final da década de 1970.

A antiga cidade de Ur foi considerada uma das mais importantes cidades da Mesopotâmia antigas da História.

Acredita-se que a cidade tenha sido fundada por volta de 3800 ‘aC, durante o chamado período Ubaid.

O primeiro rei registrado de Ur foi Mesannepada, que está listado como tendo governou por 80 anos.

O Zigurate de Ur foi escolhido em 2016 como Património Mundial pela UNESCO dentro da candidatura para “Refúgio da biodiversidade do” Ahwar “e paisagem arqueológico das cidades mesopotâmicas do sul do Iraque.”

Você também deve apreciar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *