O Programa Espacial Secreto, Bariloche e o Vaticano
loading...

O Programa Espacial Secreto, Bariloche e o Vaticano

O mundo fica mais misterioso todos os dias. Além do fato de que a Síria se tornou em 2018 o que a Espanha era em 1936, um campo de testes para várias forças políticas que precederam a Segunda Guerra Mundial, temos declarações fascinantes do Vaticano, bem como as viagens incomuns de pessoas como Rex Tillerson e Jeff Bezos.

De acordo com Michael Salla e Joseph P. Farrell, tanto o Secretário de Estado (EUA) Tillerson e o multimilionário, empresário espacial Bezos, dono do Washington Post (com sede na CIA), viajaram para a região da Patagônia na América do Sul, que pode ter sido o covil de Adolf Hitler após a Segunda Guerra Mundial.

Esse local único foi o anfitrião de muitas figuras políticas importantes ao longo dos anos, inclusive os presidentes Eisenhower, Carter, Obama e Clinton. Ele está ligado às bases secretas nazistas na Antártica, bem como ao destino de muitos alemães do Terceiro Reich, depois da Segunda Guerra Mundial.

A chegada quase simultânea, tanto de Tillerson quanto de Bezos, levantou o interesse dos jornalistas Salla e Farrell sobre o Programa Espacial Secreto, que especulam que os eventos podem estar relacionados às atividades incomuns nas regiões da Patagônia e da Antártica.

O analista político Ben Fulford sugeriu que segredos militares e de tecnologia espacial do programa da Antártica na Alemanha podem ser divulgados no futuro próximo, como o verdadeiro motivo para a visita dos dois homens na semana passada.

Toda a matéria em segredo, o que acrescenta à mística do assunto dos OVNIs, que há muito se associou a supostas bases alemãs na Antártida como parte do que Jim Marrs chamou de Quarto Reich.

Adicionando peças ao quebra-cabeça, e estimulando ainda mais a imaginação daqueles fascinados com o tema, está a declaração de um alto funcionário do Vaticano de que um “deus alienígena criou os seres humanos” através da manipulação genética. Colocando isso no contexto do Papa Francisco, afirmando que ele batizaria alienígenas se vierem ao Vaticano, faz com que seja difícil descartar aquela declaração como um comentário aleatório de um bispo desonesto:

Pope Francis also showed some zeal in embracing Communist China as a model for attaining the Church’s social doctrine. (Perhaps the Red Chinese are actually aliens who are preparing for baptism in the Church.) What we know, according to Salla and Farrell, is that the Chinese are working with the Argentine government on space projects in Patagonia, where Bariloche is located.

These are interesting moments of dramatic changes. It is difficult to be clear about what is really happening in public life today because of all the false news and advertisements designed to serve the special interests of governments, multinational corporations and large religious institutions.

We will only have to wait to see how all this works and where the truth is in trying to digest the various activities and words of our leaders.

( Source )

Você também deve apreciar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mostrar
Hide Buttons