Pesquisadores descobrem espécie de dinossauro de 150 milhões de anos
loading...

Pesquisadores descobrem espécie de dinossauro de 150 milhões de anos

Um novo dinossauro, que viveu há 150 milhões de anos, foi descrito por cientistas da Itália e de Portugal. O resultado foi publicado no periódico PeerJMax, como está sendo chamado, é da espécie Galeamopus pabst e lembra o já conhecido Diplodocus, por ser da mesma família. Entretanto, o animal tem pernas mais maciças e um pescoço mais alto e triangular perto da cabeça.
 

 

Os fósseis foram descobertos em 1995 por um grupo de pesquisadores suíços no Wyoming, nos Estados Unidos. Após a escavação, que terminou em 2003, o esqueleto de Max passou a ser exposto no museu Sauriermuseum Aathal, na Suíça.

 (Foto: SWNS:SOUTH WEST NEWS SERVICE)

Mas foi só nos últimos tempos que os cientistas desconfiaram que o dinossauro poderia ser de uma nova espécie. Por isso, pesquisadores da Universidade de Turim, da Universidade Nova de Lisboa e do Museu de Lourinhã, Portugal, decidiram estudar melhor os restos do animal e descobriram a Galeamopus pabst.

Max acabou entrando para um grupo seleto: o dos 15 dinossauros gigantes dos EUA (o mesmo grupo do Brontossauro). Acredita-se que ele pesava mais de 15 toneladas e media cerca de 31 metros.

 

Você também deve apreciar: