Planeta Terra acaba de atingir em 2019 o esgotamento de recursos naturais conhecido como ponto de não retorno
loading...

Planeta Terra acaba de atingir em 2019 o esgotamento de recursos naturais conhecido como ponto de não retorno

No dia 29 de Julho de 2019 o planeta Terra atingiu o ponto máximo de uso de recursos naturais que poderiam ser renovados sem custo ao ambiente. A estimativa é da Global Footprint Network, organização internacional que contabiliza o quanto é usado para as necessidades de um indivíduo ou população.

Em 2019, a humanidade atingiu a data limite três dias antes do que em 2018 — e mais cedo do que em toda a série histórica, medida desde 1970. Significa que, a partir de agora, todos os recursos usados para a sobrevivência entrarão “no vermelho”, uma espécie de crédito negativo para a humanidade.

— Sublinhar que não podemos usar 1,75 Terras por muito tempo quando só temos uma é simplesmente reconhecer o contexto da existência humana — disse Mathis Wackernagel, fundador da Global Footprint Network.

O planeta entrou em déficit de recursos naturais em 1970. Desde então, os seres humanos têm consumido mais do que a Terra consegue se regenerar. Nos últimos 20 anos, a data-limite tem chegado mais cedo.

— Os custos este excesso estão se tornando cada vez mais evidentes em todo o mundo, sob a forma de desflorestação, erosão dos solos, perda de biodiversidade e acumulação de dióxido de carbono na atmosfera, levando a alterações climáticas e a secas, incêndios e furacões cada vez mais graves — diz a organização.

No site da organização, neste link, é possível colocar dados pessoais e inserir informações sobre quanta carne é consumida, se a comida é processada, se é produzida localmente, entre outras informações.

Você também deve apreciar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *