Plutão emite mais raios-X que o esperado e ninguém sabe por quê
loading...

Plutão emite mais raios-X que o esperado e ninguém sabe por quê

Embora os pesquisadores já tenham detectado emissões de raios-x vindas de outros objetos solares, as emissões vindas de Plutão são muito maiores que a esperada e nenhum cientista sabe o que as está gerando e nem de onde elas provêm.

As primeiras emissões de raios-x vindas do planeta-anão Plutão foram detectadas há alguns anos pelo telescópio espacial de raios-x Chandra e sua magnitude já havia chamado a atenção dos pesquisadores. Agora, novas detecções feitas pela sonda New Horizons desconcertou ainda mais os pesquisadores.

Normalmente, as emissões de raios-x vindas de outros corpos do Sistema Solar são produzidas como resultado de interações da atmosfera com os ventos solares, mas a distância muito grande entre Plutão e o astro rei fazem os cientistas descartarem essa interação e consideram que essas emissões são inesperadas e não devem estar sendo produzidas da mesma maneira.

A fonte precisa das emissões de raios-X em Plutão provavelmente permanecerá um mistério por um bom tempo, até que os dados da missão New Horizons possam ser completamente explorados, o que pode levar décadas.

A nova pesquisa foi publicada no periódico Ícarus e foi liderada por astrônomos do Laboratório de Física Aplicada da Universidade Johns Hopkins (JHUAPL), do Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics, do Southwest Research Institute (SwI), do Centro Espacial Vikram Sarabhai (VSCC) e do Jet Propulsion Laboratory, da NASA e Ames Research Center.

Você também deve apreciar:

Telescópio da Nasa flagrou buraco negro da Via Láctea liberar “bolha colossal de gás”
Fenômeno além do modelo padrão da física é detectado por 3 experimentos separados
O que eram essas luzes brilhantes que tomaram conta dos céus nos EUA? Descubra!
Nova evidência revela que horizontes de eventos de buracos negros supermassivos são reais
Não encontramos vida alienígena inteligente porque ela se extinguiu muito rápido
COLABORADOR DA NASA AFIRMA: EXTRATERRESTRES JÁ VIVEM NA TERRA!
O mergulho da morte da sonda Cassini em Saturno
A misteriosa estrela que apaga de forma irregular acabou de ficar mais estranha
Astrônomo do SETI diz que encontraremos vida inteligente em 20 anos
Google Maps agora permite explorar outros planetas e luas do sistema solar
Prepare-se! Chuva de meteoros poderá ser vista neste fim de semana no Brasil
Vida marinha extraterrestre? NASA irá analisar a composição química do oceano de Encélado
Mostrar
Hide Buttons