Poeiras, gases e estrelas na majestosa Nebulosa de Órion
loading...

Poeiras, gases e estrelas na majestosa Nebulosa de Órion

A Grande Nebulosa de Órion, uma imensa região de formação estelar próxima, é provavelmente a mais famosa das nebulosas astronômicas.

Na imagem em destaque, filamentos de poeira escura e gás brilhante envolvem estrelas jovens quentes e massivas na fronteira dessa gigantesca nuvem molecular interestelar situada a ‘apenas’ 1.500 anos luz. Aqui, parte do centro da nebulosa é revelada nessa detalhada imagem, capturada pelo Telescópio Espacial Hubble , em cores atribuídas pelo reprocessamento executado por Jesús M.Vargas e Maritxu Poyal.
A Grande Nebulosa de Órion pode ser visualizada a olho nu, de forma facilmente identificável, pois reside próxima das famosas três estrelas alinhadas (Três Marias), conhecidas como o ‘cinturão de Órion, o Caçador’, na popular constelação de Órion.
Adicionalmente ao berçário estelar que hospeda o brilhante aglomerado estelar aberto do Trapézio (Trapezium), a Nebulosa de Órion abriga diversas regiões de formação estelar. Os berçários cósmicos contêm grandes quantidades de hidrogênio, estrelas jovens quentes, casulos de protoestrelas (proplyds) e jatos estelares ejetando material a altas velocidades.
Catalogada formalmente no catálogo de Messier como M42 e M43, a nebulosa de Órion se espalha por cerca de 40 anos luz, situada no mesmo braço espiral em nossa galáxia onde nosso Sol reside.
Fonte
APOD: Dust, Gas, and Stars in the Orion Nebula – Crédito da imagem: NASA, ESA, Hubble, HLA; Reprocessamento(c) por: Jesús M.Vargas & Maritxu Poyal

Você também deve apreciar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *