Rússia libera vídeo secreto de bomba nuclear mais potente já criada pelo homem; A Bomba de Hidrogênio
loading...

Rússia libera vídeo secreto de bomba nuclear mais potente já criada pelo homem; A Bomba de Hidrogênio

A Rússia liberou pela primeira vez imagens até então inéditas ao grande público da detonação da bomba nuclear mais potente já criada no mundo. A Tsar-bomba, uma bomba de hidrogênio RDS 220 foi detonada em um teste em outubro de 1961, na costa da Ilha Severny, perto do oceano Ártico.

Essa arma, uma bomba de hidrogênio RDS 220, liberou energia equivalente a 57 milhões de toneladas de TNT. O poder destrutivo dela era mais de 700 vezes maior que o da bomba que destruiu a cidade de Hiroshima, no Japão, no fim da Segunda Guerra Mundial.

Bomba Tsar

A bomba liberou uma energia de cerca de 57 milhões de toneladas de TNT (dinamite convencional) e foi acionada 4.000 metros acima do solo. Nas imagens é possível ver o clarão provocado pela detonação, além de um cogumelo gigante formado pelo aquecimento do ar em seu entorno, tudo isso embalado por uma música de fundo um tanto quanto sinistra.

Bomba Tsar é lançada de avião soviético

O gigantesco cogumelo atômico soviético atingiu impressionante altura 68 quilômetros.

Um vídeo registrando o episódio foi publicado neste mês pela empresa russa de energia Rosatom, marcando os 75 anos da indústria nuclear.

A diferença entre uma bomba de hidrogênio e uma bomba atômica é o processo de detonação. Nessa última, a explosão resulta da liberação repentina de energia após a separação (fissão) do núcleo de um elemento químico pesado, como o plutônio.

O processo de detonação de uma bomba de hidrogênio inclui várias etapas, começando com a detonação de uma bomba atômica. A primeira explosão gera temperaturas de milhões de graus, criando energia suficiente para forçar a aproximação dos núcleos de elementos leves — no caso, de isótopos de hidrogênio –, combinando-os num segundo estágio conhecido como fusão nuclear.

A bomba Czar explodiu a 4 mil metros acima do solo. Segundo a BBC, a nuvem em forma de cogumelo atingiu 64 quilômetros de altura, e a luz pôde ser vista a mil quilômetros de distância. Uma vila a 54 quilômetros do ponto de detonação foi completamente destruída.

O vídeo divulgado pela Rosatom tem 40 minutos. Ele mostra as preparações para a detonação, as imagens da nuvem de fumaça e o estrago causado pela detonação.

A União Soviética, a antiga federação de países socialistas liderados pela Rússia, começou a testar bombas nucleares em 1949. Em 1958, a URSS fez 36 detonações controladas.

Para que os pilotos dos aviões que derrubaram a Bomba Czar tivessem chance de viver, ela foi solta com um paraquedas no ar.

Você também deve apreciar:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *