Santander é obrigado a fazer exposições sobre diversidade após cancelar Queermuseu
loading...

Santander é obrigado a fazer exposições sobre diversidade após cancelar Queermuseu

Ministério Público entendeu que obras não faziam apologia à pedofilia ou à zoofilia, nem  ofendiam símbolos religiosos.

Você também deve apreciar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *