Sol sacode todo o sistema solar com ondas de choque, segundo a NASA
loading...

Sol sacode todo o sistema solar com ondas de choque, segundo a NASA

Pontos brilhantes e arcos iluminados de material solar pairando na atmosfera do sol destacam o que é conhecido como regiões ativas no sol, nesta imagem do Solar Dynamics Observatory da NASA, capturado em 20 de abril de 2015. Estas são áreas de intensa e comp

Pontos brilhantes e arcos iluminados de material solar pairando na atmosfera do sol destacam o que é conhecido como regiões ativas no sol, nesta imagem do Solar Dynamics Observatory da NASA, capturado em 20 de abril de 2015. Essas são áreas de intensa e complexa atividade magnética que podem às vezes, dão origem a erupções solares, como erupções solares e ejeções de massa coronal. NASA / SDO

A Nasa, pela primeira vez, observou ondas de choque interplanetárias do Sol, que sacodem todo o sistema solar. A agência espacial dos Estados Unidos fez esta descoberta histórica com a ajuda de sua missão Magnetospheric Multiscale (MMS).

Em um post recente em seu site, a NASA revelou que esses choques feitos de partículas e ondas eletromagnéticas são lançados pelo sol. Deve-se notar que os choques interplanetários são choques sem colisão, e este fenômeno pode ser observado em todo o universo em várias entidades espaciais como supernovas, buracos negros, entre outros.

“Choques interplanetários começam no Sol, que continuamente libera correntes de partículas carregadas chamadas de vento solar. O vento solar geralmente vem em dois tipos – lento e rápido. Quando um fluxo rápido de vento solar ultrapassa um fluxo mais lento, cria uma onda de choque , assim como um barco se movendo através de um rio cria uma onda. A onda então se espalha pelo sistema solar. A MMS estava no ponto certo para ver um choque interplanetário conforme rolava “, escreveu a NASA em seu site .

A onda de choque que se propaga do sol viaja através do sistema solar e atinge o campo magnético da Terra, o que acaba por resultar no efeito de reconexão magnética. Como os cientistas já detectaram com sucesso um poderoso choque provocado pelo sol, eles acreditam que esse novo desenvolvimento poderia ajudar a detectar choques mais fracos no futuro.

Alguns dias atrás, outro estudo conduzido por uma equipe de pesquisadores sugeriu que a matéria escura, uma entidade que aparentemente forma 85% do universo, poderia ter se formado antes do Big Bang. De acordo com o relatório do estudo, a matéria escura foi formada apenas algumas frações de segundos antes do Big Bang, durante uma era conhecida como inflação cósmica.

Você também deve apreciar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *