Stephen Hawking volta a manifestar seu receio em relação à possíveis aliens e outras catástrofes iminentes
loading...

Stephen Hawking volta a manifestar seu receio em relação à possíveis aliens e outras catástrofes iminentes

 

O físico teórico Stephen Hawking voltou a falar a respeito dos seus medos e advertiu o mundo que seria melhor tomar cuidado ao tentar entrar em contato com a vida extraterrestre.

Ele disse que o planeta Gliese 832c potencialmente teve vida alienígena, mas disse que os humanos precisavam ser cautelosos. “Um dia, podemos receber um sinal de um planeta como este, mas devemos ter cuidado ao responder”, afirmou no documentário Stephen Hawking’s Favourite Places (“Os lugares favoritos de Stephen Hawking”).

“Conhecer uma civilização avançada poderia ser como os nativos americanos que se encontram com Colombo. Isso não acabou tão bem”, lembrou o cientista.

Ele afirmou que a vida alienígena poderia ser como “saqueadores astutos percorrendo o cosmos em busca de recursos para roubar e planetas para conquistar e colonizar”. Seus medos não mudaram desde que ele falou sobre isso no Discovery Channel, em 2010.

Ele disse que ao envelhecer, ficou ainda mais convencido de que os humanos não estavam sozinhos. “Depois de uma vida inteira de reflexão, estou ajudando a liderar um novo esforço global para descobrir [se eles existem]”, disse ele.

O planeta Gliese 832c possui cinco vezes a massa de terra e uma temperatura similar. Foi descrito como uma super-terra habitável, que é 16 anos-luz do nosso planeta.

Um ano-luz é de cerca de 9,5 trilhões de quilômetros, o que parece muito, mas na perspectiva do espaço não é tão longe. Hawking também advertiu que a Terra poderia se tornar tão quente quanto Venus, como resultado das mudanças climáticas.

Ele disse que a mudança climática poderia transformar o planeta em uma estufa, e a decisão de Trump de sair do acordo climático de Paris para reduzir os níveis de CO2 poderia acelerar a ameaça.

“Estamos perto do ponto de inflexão, onde o aquecimento global se torna irreversível”, disse ele. “A ação de Trump poderia empurrar a Terra à beira, para se tornar como Vênus, com uma temperatura de 250C e chovendo ácido sulfúrico”.

Hawking também disse que os humanos podem ter que considerar a vida em um planeta em outro lugar, por causa da destruição da Terra devido às mudanças climáticas.

Live Science afirma que relatórios de especialistas não acreditam que a Terra poderia atingir aquelas temperaturas extremas porque está mais longe do sol do que Venus, e não tem uma atmosfera de dióxido de carbono tão espessa. 

O cientista climático da Universidade Estadual da Pensilvânia, Michael Man, disse: “Hawking está pegando alguma licença retórica aqui”.

“A Terra está mais distante do sol do que Venus e provavelmente não pode experimentar um efeito de estufa na mesma proporção que Venus – ou seja, uma situação literal de oceanos ferventes. No entanto, o ponto maior de Hawking – que podemos tornar o planeta em grande parte inabitável para a civilização humana, se não agimos para evitar mudanças climáticas perigosas – é certamente válido”.

FoxNews

Você também deve apreciar: