Última Superlua do ano estará visível hoje
loading...

Última Superlua do ano estará visível hoje

No Brasil estará nublado mas você pode conferir ao vivo conosco:

Estamos transmitindo a última superlua do ano ao vivo agora, quem puder comentar e seguir o nosso canal lá no Youtube da muita força ao nosso grupo

Não é preciso ser fã de astronomia para ficar encantado com o que natureza pode oferecer. Nesta quinta-feira (7), a última superlua do ano estará visível no céu. Chamada de Flower Moon (Lua-flor, em tradução livre), seu nome homenageia a primavera no Hemisfério Norte.

Ela está presente em nossas noites desde ontem e permanecerá até sexta-feira pela manhã, mas seu brilho será mais acentuado justamente amanhã, a partir das 7h45 (horário de Brasília). Não precisa se preocupar, pois a cena durará até o pôr do sol.

O mais especial deste evento é que serão testemunhadas duas fases. A primeira delas é o perigeu, momento em que a Lua estará em seu ponto orbital mais próximo da Terra. A segunda é a sizígia, que nada mais é que o alinhamento dos corpos celestes com o Sol. A junção de ambos os fenômenos é o que chamamos de superlua.

A última Superlua do ano poderá ser vista nesta quinta-feira (7). Como acontece na primavera do hemisfério norte (outono no Brasil), o fenômeno recebe o nome de Lua das Flores nos Estados Unidos (Flower Moon).

Para observar o fenômeno, o ideal é estar em um ponto alto da sua cidade, uma vez que os prédios podem ficar na frente da Lua cheia.

O melhor momento para observar a Superlua será no fim da tarde, a partir do por do sol (previsto para às 17h36).

A Superlua ocorre devido a dois fatos astronômicos. A trajetória da Lua em torno da Terra não forma um círculo perfeito. Sua órbita é um pouco achatada. Por conta disso, a Lua atinge, de tempos em tempos, o ponto mais próximo à Terra, evento astronômico conhecido como perigeu. Para a Superlua ser visível, é preciso, também, que seja época de Lua cheia (que acontece a cada 28 dias).

Em 2020, a combinação dos dois fenômenos foi registrada três vezes, nos dias 9 de feveriero, 9 de março e 8 de abril.

A próxima Superlua só poderá ser avistada em 27 de abril de 2021.

Acompanhe de onde estiver
O ápice da aparição ocorre pelo fato de a Terra estar entre a Lua e o Sol, sendo que, no alinhamento dos três, durante a Lua cheia, o satélite se encontra diretamente oposto à nossa estrela. Devido ao ponto de órbita mais próximo da Terra, acentuando o brilho em cerca de 15%, o tamanho da superlua pode ser até 7% maior que o da Lua cheia habitual.

Em abril, a Superlua Rosa deu as caras por aqui, o que dá a entender ser um fenômeno recorrente. Entretanto, a próxima “visita” do tipo acontecerá apenas em abril de 2021. Caso o tempo não ajude na sua observação, será possível acompanhar o evento por meio das imagens de um telescópio virtual pelo player logo abaixo. Aproveite o espetáculo!

Você também deve apreciar:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *